Quantas vezes por semana você pensa ou dialoga sobre estes assuntos? - Universo - Amor - Aborto - Guerras - Sexo - Poluição - Drogas - Poder - Células - Morte

domingo, 6 de janeiro de 2008

GIL, ASSIM É FODA!!!
Folha de São Paulo - Sábado, 05 de Janeiro de 2008
Ilustrada
O Ministério da Cultura autorizou a produtora da atriz Fernanda Torres a captar, por meio da Lei Rouanet, R$ 1.114.000 para a peça ´Deus é Química´
===============================================================
MinC libera R$ 9,4 mi para Cirque du Soleil no Brasil
Silviana Arantes da Folha de S.Paulo
O governo brasileiro está dando uma "mãozinha" para a temporada da trupe canadense Cirque du Soleil no país, que começa dia 3/8, com ingressos entre R$ 50 (meia-entrada) e R$ 370 (VIPs).A empresa CIE (Companhia Interamericana de Entretenimento, de origem mexicana), que promove a vinda do espetáculo "Saltimbanco" ao Brasil, foi autorizada pelo MinC (Ministério da Cultura) a ficar com R$ 9,4 milhões que o governo receberia em Imposto de Renda neste ano. O dinheiro agora deve ser usado em benefício das apresentações.

2 comentários:

Fabíola disse...

Dinheiro atrai dinheiro....a unica saida e ser rico

Christian Velloso disse...

Bom, eu penso que estas não deviam ser as prioridades do Governo, mas sim aqueles artistas de qualidade que têm mais dificuldades de captar recursos por serem preteridos pela grande mídia. Porém, não há nada (uma medida legal) que impeça o Governo de alocar seus recursos para uma Fernanda Torres da vida ou para o Cirque de Soleil. Assim, isso denota que o MinC se interessa em investir e subsidiar a classe alta da cultura brasileira e internacional. Contudo, para afirmar que SOMENTE membros desta classe artística são (mais) favorecidos pelo governo, implicaria numa análise mais detalhada das depesas da pasta da Cultura.